Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fluffyland

and all the sweet things...

Fluffyland

A autora

20 anos. Braga.
Futura farmacêutica.
Uma veia científica e uma artéria das letras.

Isto dos livros...

Existem pessoas que perdem a cabeça em lojas de roupa, outras que perdem a cabeça com automóveis, outras que não resistem a uma boa viagem e outras que são apaixonadas por comida. Eu poderia continuar infinitamente a enumerar vícios e paixões das pessoas mas acho que vocês já entenderam a ideia. Eu sou o tipo de pessoa que perde a cabeça com... livros, que consegue passar horas a olhar para a estante a cheirá-los e folheá-los. Sei que para muitos isto parecerá bastante exagerado mas sei que todos aqueles que possuem em comum esta minha paixão irão compreender. Não sei desde quando me tornei mais uma menina das folhas do que das tecnologias mas a realidade é que assim que acabo um livro fico com a necessidade de ler outro.  Ler ensina-nos tanto... Faz-nos viajar por sítios e tempos inconciliáveis com os nossos. 

Há exatamente uma semana atrás vi-me em uma das muitas conversas sonhadoras que tenho com o meu irmão, onde tentávamos pensar como seria ganhar o Euromilhões. O que vocês fariam? Assim de repente é difícil não é? Uma das minhas loucuras assumidas seria uma ida à Fnac e comprar todos os livros que me apetecessem. De pegar em tudo o que me agradasse e simplesmente comprar. Isto porque gostar de ler sai caro. Às vezes penso como é que um livro pode ser tão caro. Não admira que as pessoas comecem a tomar a decisão de ler através do tablet, mesmo que para isso tenham que perder a oportunidade de segurar um livro, de tocá-lo e cheirá-lo. Eu não consigo trocar o livro em papel porque simplesmente não consigo perder essas singularidades. Simplesmente adoro olhar para a minha estante e ver os livros aumentar, de pegar neles e ler e reler e reler e reler as minhas páginas preferidas. 

Hoje pelos corredores da Fnac eu sentia-me como uma criança na secção de brinquedos de um hipermercado. Agarrei os meus dois livrinhos novos pelo braçado e lá fui eu folhear todo o tipo de livros que me apareceu à frente. Quando cheguei a casa reparei que a minha primeira estante com os dois novos livros ficava completa... e eu sorri. Alguém amante de livros por aí? Qual a vossa loucura de euromilionários? 

tumblr_static_tumblr_m66ukgww9p1rzabmro1_500_large

 Imagem retirada de: tumblr

Ana

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

A autora

20 anos. Braga.
Futura farmacêutica.
Uma veia científica e uma artéria das letras.